É fácil ser parisiense

MONTE SAINT-MICHEL: UMA VISITA AO PATRIMÔNIO MUNDIAL

MONTE SAINT-MICHEL

O Monte Saint-Michel é uma misteriosa ilha flutuando no meio do mar. Tendo apenas 1 km, atrai um grande número de visitantes todos os anos.

 

COMO CHEGAR AO MONTE SAINT-MICHEL DE PARIS

Da estação Paris-Montparnasse, você leva cerca de 3 horas até o Mont Saint Michel. Caso o bilhete de trem estiver com um preço fora do seu orçamento, que tal uma viagem de ônibus com as companhias Flixbus ou Ouibus? A viagem é um pouco mais demorada, porém mais em conta.

A história do Monte Saint Michel remonta a 708, quando Saint Michael apareceu nos sonhos de Aubert, bispo de Avranches. Em seguida, Saint Aubert decidiu construir uma abadia no monte, anteriormente conhecido como 'Mont-Tombe'. A abadia está situada no meio da ilha, rodeada por uma pequena aldeia com restaurantes e lojas de souvenirs. Para acessá-la, é preciso atravessar uma ponte construída em 1879, no objetivo de tornar mais fácil o caminho para os peregrinos.

 

COMO CHEGAR ATÉ A ILHA

1) A pé: Da ponte até a ilha são 30 minutos a pé.

2) Transfer Ônibus gratuito: Os ônibus saem de 5 a 10 minutos e chegam à ilha em 5 minutos.

3) Bicicleta: Muitos hoteis oferecem gratuitamente bicicletas ou a um custo baixo. No entanto, essas não podem entrar na ilha.

 

ABBAYE DU MONT SAINT MICHEL

After being built as an abbey, it was then used as the prison to hold those who were against the government during the French revolution. Starting in 1922, it began to be recovered as the abbey. Built with romanesque style, two three-story buildings were added to create a more confortable place for the monks. Atop of the 156m long abbey, you can see the golden statue of Saint Michael.

 

 

Endereço : 50170 Le Mont-Saint-Michel

Horário: 2 de maio a 31 de agosto, das 9h às 10h. 1 de setembro a 30 de abril, das 9h30 às 18h (Fechado nos dias 1 de janeiro, 1 de maio e 25 de dezembro)

Preço: 10 euros 

 

A ilha é pitoresca e aconchegante. Ao longo da estrada principal, você encontrará lojas de souvenirs, restaurantes e cafés. Andando pelas ruas do monte, é como voltar à época do Renascimento.


Se você quer um pouco de ar fresco longe das ruas lotadas de turistas, suba as escadas e caminhe ao redor da muralha. Há também alguns cafés e restaurantes aqui em cima, acompanhados por uma brisa fresca da Normandia.

 

LA MÈRE POULARD

Você não pode visitar a ilha sem experimentar o restaurante mundialmente famoso La Mère Poulard, inaugurado em 1888. Muitas celebridades famosas como Ernest Heminway e Yves Saint Laurant visitaram o local. Dentro do restaurante, há uma parede cheia de autógrafos de celebridades.

 

In the past, pilgrims were forced to wait on the bay until the tide was low enough to leave. During this time, Annette Poulard developed this soufflé omelette which is fluffy, creamy and melts in your mouth. With a recipe that was kept secret for nearly 130 years, La Mere Poulard, became one of the most famous restaurants in France. Later opening branches in Korea, Taiwan, Japan, and Philippines.

 

Address : Grande Rue, 50170 Le Mont-Saint-Michel

Opening Hours : 7:00-21:30

 

IGREJA DE SÃO PEDRO

No caminho para a abadia, há uma pequena igreja. Logo na entrada, podemos ver Joana d'Arc, assim como impressionantes vitrais representando o sonho de Aubert. Quando sair pela porta lateral, você consegue ver o cemitério onde os habitantes da ilha estão descansando, incluindo Annette Poulard,  do restaurante"La Mère Poulard".

 

Endereço: Grande Rue, 50170 Le Mont-Saint-Michel

Horário: Das 9h às 22h

 

Depois de ter sido listado como um monumento histórico nacional em 1862, o Monte também foi registrado como Patrimônio Mundial da UNESCO em 1979. Muitos golfinhos, focas e mais de 100 tipos de aves moram ali, tornando-se uma zona de proteção especial. Não muito longe da ilha, é possível ver rebanhos de ovelhas perambulando pelos campos.

 

Nota da O'bon Paris

Na região da Normandia, a maré alta pode chegar a 15m, tornando a ilha inacessível. Antes da sua visita, verifique o estado das marés. Durante o verão, recomendamos que passe uma noite no Monte Saint-Michel. A vista noturna é de tirar o fôlego! Este castelo de conto de fadas vale a pena a visita.

 


Autora e fotógrafa: Yuna Lee

Traduzido por Sérgio Yokoyama